Posts filed under ‘U. Tomar’

Campeonato Distrital Futebol – 1ª Jornada

Fazendense – At. Ouriense – 0-0
Samora Correia – Marinhais – 2-2
Alcanenense – U. Tomar – 3-0
Glória do Ribatejo – Torres Novas – 1-0
U. Santarém – Cartaxo – 4-2
Ferreira do Zêzere – Coruchense – 1-3
Amiense – U. Almeirim – 2-2

                       Jg     V     E     D       G       Pt
 1º Alcanenense         1     1     -     -     3 -  0     3
 2º U. Santarém         1     1     -     -     4 -  2     3
 3º Coruchense          1     1     -     -     3 -  1     3
 4º Glória Ribatejo     1     1     -     -     1 -  0     3
 5º Amiense             1     -     1     -     2 -  2     1
 6º Marinhais           1     -     1     -     2 -  2     1
 7º Samora Correia      1     -     1     -     2 -  2     1
 8º U. Almeirim         1     -     1     -     2 -  2     1
 9º At. Ouriense        1     -     1     -     0 -  0     1
10º Fazendense          1     -     1     -     0 -  0     1
11º Torres Novas        1     -     -     1     0 -  1     -
12º Cartaxo             1     -     -     1     2 -  4     -
13º Ferreira Zêzere     1     -     -     1     1 -  3     -
14º U. Tomar            1     -     -     1     0 -  3     -

Melhores marcadores:

1º Joel (Coruchense) – 2
1º Moleiro (Amiense) – 2
1º Persi Mamede (U. Almeirim) – 2

Anúncios

Setembro 16, 2018 at 6:06 pm Deixe um comentário

O Pulsar do Campeonato – Taça de Portugal

O pulsar do campeonato - 2018-19 - TPortugal1

(“O Templário”, 13.09.2018)

Ainda antes do arranque dos campeonatos distritais, quatro clubes do Distrito participaram no passado fim-de-semana na 1.ª eliminatória da 79.ª edição da Taça de Portugal (competição iniciada na época de 1938-39, a qual não se disputou nas temporadas de 1946-47 e 1949-50): os dois únicos representantes no Campeonato de Portugal, Fátima e Mação, assim como o vencedor da Taça do Ribatejo e vice-campeão Distrital, União de Tomar, para além do 3.º classificado do campeonato distrital, Torres Novas.

Independentemente da faculdade de repescagem para a 2.ª eliminatória, por sorteio – de que acabariam por vir a beneficiar o Fátima e o Torres Novas –, num balanço muito pouco favorável, o U. Tomar foi a única equipa do Distrito que, dentro de campo, garantiu o apuramento para a fase seguinte da prova, na qual receberá a visita do Vilafranquense.

Destaque – O primeiro grande realce desta nova temporada vai para o triunfo averbado pelo U. Tomar na deslocação a Idanha-a-Nova, onde – apoiado por uma entusiasta falange de adeptos, dando corpo à “festa da Taça” – defrontou o Clube União Idanhense, 3.º classificado do distrital da Associação de Futebol de Castelo Branco (“repescado” para a Taça de Portugal, dado que os dois primeiros do respectivo campeonato, Alcains e V. Sernache, se defrontaram na final da Taça Distrital, à semelhança do que sucedeu no distrital de Santarém).

Apesar do tempo quente e abafado que se fazia sentir as duas formações entraram em campo – um bonito estádio, muito bem enquadrado na paisagem envolvente, com um relvado em boas condições – com espírito positivo e ambição, em busca do golo, logo a partir dos instantes iniciais, com oportunidades repartidas: logo a abrir, para os tomarenses, e, praticamente de imediato, para os idanhenses, isto ainda antes de decorridos os cinco minutos iniciais.

De seguida, os donos da casa procuraram afirmar a sua condição, empurrando os nabantinos para o seu meio-campo, que, durante cerca de um quarto de hora, denotaram alguma dificuldade em assentar o jogo. Por volta dos trinta minutos, a partida entraria numa toada mais lenta e de maior equilíbrio, sem predomínio claro de nenhum dos contendores.

Num período de boa eficácia, o U. Tomar teria então a felicidade de marcar – por duas vezes – em momentos capitais do desafio, o que lhe proporcionaria uma grande tranquilidade, quase até ao termo do encontro: o tento inaugural surgiria pouco depois dos 40 minutos, à beira do intervalo, na sequência de um livre, com um oportuno desvio de cabeça, de belo efeito, de Allan Santos, a anichar a bola no fundo da baliza, sem hipóteses para o guardião contrário; depois, à passagem dos dez minutos da segunda metade, seria a vez de João Pedro Nascimento, com um bom remate, ampliar a contagem, e, praticamente, definir o desfecho da eliminatória.

Não obstante, a turma do Idanhense, embora já sem a confiança anteriormente revelada, não abdicaria de procurar inverter o rumo dos acontecimentos, voltando a pressionar com insistência junto da baliza unionista, criando alguns lances de perigo, com o guardião Nuno Ribeiro e o capitão Nuno Rodrigues com atentas intervenções, fundamentais para salvaguardar a vantagem.

Após uma fase em que os visitados pareciam começar a estar já “conformados” com a sua sorte, tendo entretanto o U. Tomar voltado a dispor de alguns lances de contra-ataque, em que poderia ter “arrumado” com o jogo, a equipa da Idanha chegaria enfim ao golo, num lance de muito boa execução, num remate de meia distância, em arco, ao canto superior da baliza, sem hipóteses para o guarda-redes. Faltavam então já menos de cinco minutos para o final do tempo regulamentar, mas, somando o período de compensação, foram cerca de dez minutos de algum sofrimento e tensão para as hostes tomarenses, que poderiam ter sofrido o golo do empate, como, paralelamente, tiveram ainda nova soberana ocasião para marcar o terceiro tento.

Todavia, o marcador acabaria por não se alterar e, no final, jogadores, corpo técnico, dirigentes e adeptos unionistas extravasaram a alegria da vitória e do apuramento, importante não apenas em termos desportivos, mas também a nível financeiro: aos 3.000 euros de prémio de participação na prova, o clube soma agora 4.000 euros de prémio de qualificação para a 2.ª eliminatória (fase que não atingia desde a já distante temporada de 2000-01).

Confirmação – Com os clubes do Distrito com uma missão de grau acrescido de dificuldade, devido ao facto de, todos eles, terem actuado como visitantes, o Torres Novas (3.º classificado do Distrital) seria batido (0-2) pelo vice-campeão da Associação de Leiria, G. R. Amigos da Paz (que, na época finda, se quedou somente um ponto atrás do Campeão distrital, Peniche).

Surpresas – Menos expectáveis seriam as derrotas do Mação, e, sobretudo, do Fátima. De facto, os maçaenses, campeões distritais em título, promovidos ao Campeonato de Portugal – escalão no qual, depois de uma estreia vitoriosa, registam uma série negativa, de três desaires sucessivos, ocupando lugar (14.º) na zona perigosa da tabela – visitaram Condeixa-a-Nova, onde encontraram o vice-campeão distrital da Associação de Coimbra, que fazia a sua estreia em competição na presente temporada, vindo a ser desfeiteados por tangencial marca de 2-3.

Pior fez o Fátima, muito aquém das expectativas, tendo sido derrotado em Oleiros por 0-2, perante um adversário que milita na mesma série do Campeonato de Portugal e que, até à data, ainda não havia vencido nas quatro partidas anteriormente disputadas (tendo como melhor resultado um único empate), ocupando a posição de “lanterna vermelha” da prova. Conforme referido, os fatimenses, tal como os torrejanos, acabaram por ser bafejados com a repescagem.

Antevisão – Ainda antes do arranque da I Divisão Distrital, foi agendada, para esta quarta-feira, a disputa da Supertaça do Ribatejo, entre o Campeão, Mação, e o vencedor da Taça, U. Tomar.

No que respeita ao campeonato – que terá a sua ronda inaugural neste fim-de-semana –, antevê-se intensamente disputado, numa competição “muito aberta”, perfilando-se como formações com maiores ambições ao título as do Cartaxo (reforçada com o melhor marcador, Wemerson Silva) e do U. Almeirim, a par, porventura, dos despromovidos do Nacional, Coruchense (que, aliás, foi o Campeão nas suas duas últimas participações) e a “incógnita”, Alcanenense; talvez numa segunda linha, mas visando também intrometer-se em tal disputa, surgirão as equipas do U. Tomar e Samora Correia – isto sem esquecer outros nomes históricos do futebol distrital, como Torres Novas, Fazendense, Amiense, At. Ouriense ou o recém-promovido U. Santarém.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 13 de Setembro de 2018)

Setembro 16, 2018 at 11:00 am Deixe um comentário

Supertaça Dr. Alves Vieira

 Edição  Época      Vencedor       Finalista

XXVI    2018-19   Mação          U. Tomar       4-0
XXV     2017-18   Mação          Coruchense     3-1
XXIV    2016-17   Fátima         Fazendense     2-0
XXIII   2015-16   Coruchense     Amiense        2-0
XXII    2014-15   At. Ouriense   Fazendense     1-1 (4-2 g.p.)
XXI     2013-14   Riachense      Amiense        3-1
XX      2012-13   Fazendense     Alcanenense    0-0 (3-0 g.p.)
XIX     2011-12   Torres Novas   Cartaxo        2-0
XVIII   2010-11   Riachense      Alcanenense    2-1
XVII    2009-10   Alcanenense    Riachense      0-0 (5-3 g.p.)
XVI     2008-09   Torres Novas   Mação          2-0
XV      2007-08   Fazendense     Ouriquense     2-2 (4-2 a.p.)
XIV     2006-07   Cartaxo        Fazendense     3-1
XIII    2005-06   Amiense        Ouriquense     0-0 (1-0 a.p.)
XII     2004-05   Monsanto       U. Figueirense 5-0  
XI      2003-04   Abrantes FC    Ág. Alpiarça
X       2002-03   Rio Maior      Alcanenense    7-1
IX      2001-02   Riachense      Cartaxo
VIII    2000-01   Rio Maior      U. Almeirim 
VII     1999-00   Ferroviários   Azinhaga
VI      1998-99   Ferroviários   U. Tomar
V       1997-98   S. Correia     Coruchense
IV      1996-97   Coruchense     Fazendense
III     1995-96   Alcanenense    Tramagal
II      1994-95   S. Correia
I       1993-94   Alferrarede    U. Almeirim

Supertaça - Décadas1

Riachense.... 3 Alcanenense.. 2 Mação....... 2 Amiense...... 1
S. Correia... 2 Torres Novas. 2 Alferrarede. 1 Cartaxo...... 1
Ferroviários. 2 Fazendense... 2 Abrantes FC. 1 At. Ouriense. 1
Rio Maior.... 2 Coruchense... 2 Monsanto.... 1 Fátima....... 1

Setembro 12, 2018 at 11:58 pm Deixe um comentário

II Divisão Distrital – 2018-19 – Sorteio

Realizou-se também esta noite o sorteio do Campeonato Distrital da II Divisão da época 2018-19, o qual terá início no próximo dia 7 de Outubro, esta temporada com a participação de 19 equipas, repartidas em duas séries, incluindo a equipa “B” do U. Tomar, em estreia absoluta.

Em relação ao campeonato precedente, é de notar o regresso à competição da A. F. Santarém do clube do Sardoal. Ao invés, não participam na prova este ano o Alferrarede (um histórico do futebol do Distrito, que abdicou à “última hora”, provocando um rearranjo das séries, com a inclusão do Riachense na Série A), At. Pernes, Benfica do Ribatejo, Porto Alto e Vale da Pedra.

Assinale-se, por outro lado, a fusão da U. Abrantina com o centenário Sport Abrantes e Benfica.

É o seguinte o alinhamento dos jogos da 1.ª jornada:

Série A

Abrantes e Benfica – Aldeiense
Riachense – Tramagal
U. Tomar B – Sardoal
Caxarias – Pego
Ortiga – U. Atalaiense

Série B

Emp. Comércio – Benavente
Forense – Salvaterrense
Pontével – Barrosense
Rio Maior – Moçarriense
Folga: Espinheirense

Nas rondas seguintes, o U. Tomar “B” defrontará, sucessivamente, as equipas do Pego, U. Atalaiense, Caxarias, Ortiga, Riachense, Abrantes e Benfica, Aldeiense e Tramagal (última jornada da primeira fase a 10 de Março de 2019, em Tomar).

Setembro 11, 2018 at 11:55 pm Deixe um comentário

Sorteio da Taça Ribatejo – Fase Grupos

Realizou-se esta noite o sorteio da Fase de Grupos da Taça do Ribatejo, esta época abrangendo um total de 32 clubes concorrentes (14 da I Divisão Distrital e 18 do segundo escalão), com o seguinte alinhamento das oito séries (indicando-se os encontros da 1.ª jornada, agendada para o próximo dia 30 de Setembro):

Série 1 – Torres Novas, Abrantes e Benfica, Riachense e Sardoal

Sardoal – Riachense
Torres Novas – Abrantes e Benfica

Série 2 – Alcanenense, Ferreira Zêzere, Amiense e At. Ouriense

Ferreira Zêzere – Amiense
Alcanenense – At. Ouriense

Série 3 – U. Tomar, U. Santarém, Tramagal e Ortiga

Ortiga – U. Santarém
U. Tomar – Tramagal

Série 4 – U. Atalaiense, Pego, Caxarias e Aldeiense

Pego – Aldeiense
U. Atalaiense – Caxarias

Série 5 – Emp. Comércio, Rio Maior, Pontével e Forense

Pontével – Emp. Comércio
Forense – Rio Maior

Série 6 – U. Almeirim, Samora Correia, Moçarriense e Barrosense

Samora Correia – Barrosense
Moçarriense – U. Almeirim

Série 7 – Fazendense, Marinhais, Glória do Ribatejo e Benavente

Glória do Ribatejo – Marinhais
Benavente – Fazendense

Série 8 – Coruchense, Cartaxo, Espinheirense e Salvaterrense

Coruchense – Espinheirense
Salvaterrense – Cartaxo

Nas restantes jornadas, o União de Tomar – actual detentor do troféu – desloca-se a Santarém (a 1 de Novembro), recebendo a Ortiga (jogo agendado para 25 de Novembro de 2018).

Serão apurados para os 1/8 de final os dois primeiros classificados de cada uma das séries.

Setembro 11, 2018 at 11:40 pm Deixe um comentário

Taça de Portugal – 2018-19 – Sorteio da 2.ª eliminatória

Realizou-se hoje o sorteio dos jogos da 2.ª eliminatória da Taça de Portugal da temporada de 2018-19, a disputar no próximo dia 30 de Setembro, abrangendo os 56 clubes vencedores da 1.ª eliminatória (43 que disputam o Campeonato de Portugal e 13 dos Distritais), para além de 22 clubes repescados e 14 clubes da II Liga (excluindo-se as equipas B de Benfica, FC Porto, Sp. Braga e V. Guimarães).

Previamente a tal sorteio foram sorteadas as 22 equipas repescadas: Alverca, Beneditense*, Coimbrões, Fátima, Joane*, Leça, Louletano, Lourinhanense*, Lusitano Vildemoinhos, Mirandês, Montalegre, Paredes, Portalegrense*, Praia Mil Fontes*, Silgueiros*, Sp. Ideal, Torres Novas*, U. Santiago Cacém*, Vale Formoso*, Valenciano*, Vila Flor* e Vilafranquense.

No total participam nesta eliminatória 14 clubes da II Liga (**), 54 clubes do Campeonato de Portugal e 24 clubes dos Distritais (*). O alinhamento dos 46 jogos  é o seguinte:

Pedras Salgadas – Académica**
Portalegrense* – Farense**
Caçadores Taipas – Arouca**
Alverca – Ac. Viseu**
Águeda – Famalicão**
Sacavenense – Varzim**
Condeixa* – P. Ferreira**
Cesarense – Covilhã**
Trofense – Penafiel**
Leça – Leixões**
Limianos – Mafra**
Gondomar – Cova Piedade**
Fátima – Oliveirense**
Vasco Gama – Estoril**
V. Sernache* – Sertanense
U. Tomar* – Vilafranquense
Vila Real* – Sanjoanense
Fafe – Sp. Ideal
Caldas – Gafanha
Amarante – Vila Flor*
Beneditense* – Armacenenses
Rio Tinto* – Moura
Silves* – Paredes
Santa Iria – Lourinhanense*
Praia Mil Fontes* – Valenciano*
Oliveira Hospital – Lusitano Vildemoinhos
Peniche – Montalegre
Casa Pia – Montijo
Anadia – Aljustrelense*
Merelinense – União Madeira
Eirense* – Torreense
Lusitano Évora* – Oriental
Gil Vicente – Chaves (clube)
Praiense – Pinhalnovense
Vale Formoso* – U. Leiria
G.R. Amigos Paz* – U. Santiago Cacém*
Sp. Espinho – Sintrense
Torres Novas* – Maria da Fonte
Beira-Mar* – São Martinho
Silgueiros* – Angrense
Real – Mirandela
Amora – Sp. Lamego*
Mirandês – Coimbrões
Felgueiras – Joane*
Loures – Oleiros
Valadares Gaia* – Louletano

Na eliminatória seguinte (1/32 final), os (18) participantes da I Liga juntar-se-ão aos apurados desta 2.ª eliminatória (46).

Setembro 11, 2018 at 3:45 pm Deixe um comentário

Taça de Portugal – 2018-19 – Resultados da 1.ª eliminatória

Série A
Vianense* – Gil Vicente – 0-1
Vilaverdense – Caçadores Taipas – 2-3
Maria da Fonte – Mirandês – 4-0
Vinhais* – Chaves (clube) – 1-6
Limianos – Valenciano* – 4-0
Montalegre – Pedras Salgadas – 2-3
Merelinense – Vieira* – 3-1

Série B
Joane* – Fafe – 0-2
Trofense – Vizela – 1-0
Amarante – A.D. Oliveirense – 6-0
Vila Real* – U. Torcatense – 2-1
Pedras Rubras – Mirandela – 1-2
São Martinho – Machico* – 6-1
Felgueiras – Vila Flor* – 9-0

Série C
Gondomar – Leça – 2-0
Cesarense – Sp. Mêda – 1-0
Cinfães – Sp. Espinho – 0-0 (4-5 g.p.)
Coimbrões – Rio Tinto* – 0-2
União Madeira – Lusitânia Lourosa – 1-1 (3-1 a.p.)
Valadares Gaia* – Paredes – 0-0 (4-2 g.p.)
Sp. Lamego* – Régua* – 2-2 (3-2 a.p.)

Série D
Pampilhosa* – Oliveira Hospital – 0-0 (2-4 g.p.)
Águeda – Trancoso* – 2-1
Anadia – Penalva Castelo – 3-1
Eirense* – Gouveia* – 2-0
Lusitano Vildemoinhos – Beira-Mar* – 2-4
Sanjoanense – A.D. Nogueirense – 2-0
Silgueiros* – Gafanha – 0-2

Série E
Idanhense* – União Tomar* – 1-2
Condeixa* – Mação – 3-2
V. Sernache* – Alcains – 1-0
Sertanense – Beneditense* – 2-0
B. C. Branco – U. Leiria – 1-2
Oleiros – Fátima – 2-0
G.R. Amigos Paz* – Torres Novas* – 2-0

Série F
Loures – Portalegrense* – 6-1
Lourinhanense* – Peniche – 1-2
1.º Dezembro – Sintrense – 1-2
Vilafranquense – Caldas – 0-0 (2-4 g.p.)
Sacavenense – Alverca – 1-1 (2-1 a.p.)
Torreense – Coutada* – 2-0
Gafetense* – Santa Iria – 0-8

Série G
Rabo Peixe* – Montijo – 0-0 (1-4 g.p.)
Angrense – S.C. Marítimo Graciosa* – 3-0
Casa Pia – Graciosa* – 6-0
Sp. Ideal – Real – 0-2
Pinhalnovense – Vale Formoso* – 0-0 (5-0 a.p.)
Oriental – Barreirense* – 3-1
Praiense – Redondense – 3-0

Série H
Ferreiras – Lusitano Évora* – 0-1
Amora – Louletano – 2-2 (3-2 a.p.)
Aljustrelense* – Praia Milfontes* – 0-0 (3-2 g.p.)
Olhanense – Silves* – 0-0 (2-4 g.p.)
União Santiago Cacém* – Vasco Gama – 1-1 (1-2 a.p.)
Juventude Évora* – Armacenenses – 1-3
Almancilense* – Moura – 0-1

Por agora, garantiram o apuramento para a eliminatória seguinte 43 clubes que disputam o Campeonato Nacional e 13 dos Distritais (2 da A. F. Coimbra e da A. F. Porto; 1 da A. F. Algarve, A. F. Aveiro, A. F. Beja, A. F. Castelo Branco, A. F. Évora, A. F. Leiria, A. F. Santarém, A. F. Vila Real e da A. F. Viseu).

Na 2.ª eliminatória, os 14 participantes da II Liga (excluindo-se as equipas B de Benfica, FC Porto, Sp. Braga e V. Guimarães) juntam-se aos apurados da 1.ª eliminatória (os 56 vencedores, mais 22 clubes a repescar). As equipas da I Liga entrarão na prova a partir da 3.ª eliminatória (1/32 de final).

Setembro 9, 2018 at 11:49 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2018
S T Q Q S S D
« Ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Categorias