Posts tagged ‘FatiasCa’

“O NOME DA ROSA”

Finalmente, hoje, a esteia!

A célebre obra de Umberto Eco, também grande sucesso no cinema, foi agora adaptada ao teatro pela Companhia de Teatro de Tomar (“Fatias de Cá”); o romance subirá à cena no Convento de Cristo, todos os Domingos, às 18h18!

A representação – com o público em movimento pelas várias salas do Convento – terá uma duração de 4 horas, incluindo jantar durante o espectáculo. O preço dos bilhetes (jantar incluído) será de 25 euros.

Outubro 31, 2004 at 8:50 am Deixe um comentário

“FATIAS DE CÁ” – INÊS / A FLAUTA MÁGICA

fatias_de_ca_logo.gifConclui-se este fim-de-semana o “Festival Fatias de Cá”, com a representação, no Convento de Cristo, das duas últimas das 10 peças levadas à cena ao longo das últimas 5 semanas.

Hoje, será apresentada “Inês”. Amanhã, o encerramento, com “A Flauta Mágica”.

Julho 31, 2004 at 8:06 am Deixe um comentário

“FATIAS DE CÁ” – CORTO MALTESE / VIRIATO

fatias_de_ca_logo.gifHoje, no Convento de Cristo, o “Fatias de Cá” apresenta “Corto Maltese”.

Amanhã, também às 19h18m, será a vez de “Viriato”.

Julho 24, 2004 at 9:05 am Deixe um comentário

“FATIAS DE CÁ” – T DE LEMPICKA / A MORTE DO LIDADOR

fatias_de_ca_logo.gifProssegue, hoje e amanhã, no Convento de Cristo, o “Festival Fatias de Cá”.

Neste fim-de-semana, serão apresentadas as peças: “T de Lempicka” (hoje) e “A Morte do Lidador” (amanhã, Domingo) – sempre às 19h18m.

Julho 17, 2004 at 10:00 am Deixe um comentário

“FATIAS DE CÁ” – DIÁLOGO DAS COMPENSADAS / A TEMPESTADE

fatias_de_ca_logo.gifNeste fim-de-semana, o “Fatias de Cá” leva à cena, no Convento de Cristo, as peças “Diálogo das Compensadas” (hoje) e “A Tempestade” (amanhã, Domingo).

Julho 10, 2004 at 12:21 pm Deixe um comentário

FESTIVAL “FATIAS DE CÁ”

fatias_de_ca_logo.gifDecorre a partir de hoje – e ao longo dos próximos fins-de-semana, no Convento de Cristo em Tomar, um “Festival Fatias de Cá”.

Nas próximas 5 semanas, ao Sábado e Domingo – sempre com início às 19h18m! -, os “Fatias de Cá” levam à cena 10 peças de teatro: a começar, hoje, “Comédia da Marmita; amanhã, “As Ligações Perigosas”.

No fim-de-semana de 10 e 11 de Julho, serão representadas as peças “Diálogo das Compensadas” e “A Tempestade”.

A 17 e 18 de Julho, “T de Lempicka” e “A Morte do Lidador”.

No Sábado, dia 24 de Julho, “Corto Maltese”, seguindo-se no Domingo, “Viriato”.

Este festival encerra-se nos dias 31 de Julho, com “Inês” e 1 de Agosto, com “A Flauta Mágica”. O preço dos bilhetes para cada representação é de 15 euros, tendo sido também emitido um bilhete de conjunto, para todos os espectáculos, pelo preço global de 100 euros.

Julho 3, 2004 at 9:48 am Deixe um comentário

“T DE LEMPICKA”

No cenário único do Convento de Cristo em Tomar, Carlos Carvalheiro e o seu grupo “FATIAS DE CÁ”, levaram à cena, já em várias ocasiões, a peça teatral “T de Lempicka”.

Em 1927, a pintora polaca Tamara de Lempicka visita Itália a convite do intelectual italiano Gabriele d’Annunzio, para lhe pintar o seu retrato, mas d’Annunzio só pensa em seduzi-la…

Estamos em Itália, em pleno regime fascista de Mussolini e vamos ser recebidos como convidados na casa de Gabriele d’Annunzio, repleta de intrigas politicas e sexuais, provocando a chegada de Tamara resultados “explosivos”.

A acção podia ser acompanhada de sala em sala, partilhando de um jantar-buffet enquanto se revive a Itália dos anos 20.

O público observa a acção da peça seguindo os actores que entram e saem das diversas salas do Claustro dos Corvos no Convento de Cristo, pelo que, cada espectador pode escolher a “peça” que quer ver…

Na primeira sala encontramos Aldo Finzi, polícia fascista, por quem temos de passar para carimbar o nosso passaporte e validar a entrada na casa. Feitas as apresentações e conhecidas todas as personagens (hóspedes e criados de d’Annunzio), teremos de optar quem vamos seguir para o cenário seguinte: Emilia Pavese, a criada ladra de d’Annunzio; Luisa Baccara, célebre pianista; Aélis Mazoyer, a governanta; ou aguardar com Gabrielle d’Annunzio, na sala inicial, a chegada da pintora Tamara Lempicka – que logo abandonam a sala, deslocando-se para o quarto.

De sala em sala, a trama vai-se desenrolando até ao seu final inesperado, entre segredos, sonhos e traições…

P. S. Que extraordinário seria se a companhia de teatro FATIAS DE CÁ conseguisse levar por diante a ideia de encenar, também no Convento de Cristo, “O Nome da Rosa”, de (e com a participação de) Umberto Eco…

Março 30, 2004 at 12:50 pm 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

União de Tomar - Recolha de dados históricos
Sporting de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Agosto 2022
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Categorias