O Pulsar do Campeonato – Taça do Ribatejo – 1/8 de final

Dezembro 17, 2017 at 12:00 pm Deixe um comentário

Pulsar-TacaRibatejo-1-8

(“O Templário”, 14.12.2017)

No passado fim-de-semana começou a disputar-se a eliminatória correspondente aos 1/8 de final da Taça do Ribatejo, com a realização de metade dos oito jogos que compõem o alinhamento desta ronda. De facto, os outros quatro embates foram adiados (em princípio, para 23 de Dezembro), devido ao facto de os clubes intervenientes terem alguns elementos ao serviço da selecção distrital de Santarém, a qual marcou presença no torneio de qualificação da “UEFA Regions’Cup”, onde, contudo, não foi além da primeira fase, tendo ganho à selecção de Leiria, mas sido desfeiteada pelas selecções da Guarda e de Castelo Branco.

Destaques – Não tendo havido surpresas nos quatro jogos realizados, o destaque vai para a goleada (6-0) do U. Santarém, na recepção à U. Atalaiense, numa partida em que estiveram frente a frente os actuais 4.º classificados das Séries Sul e Norte da II Divisão Distrital.

Os clubes escalabitanos estiveram, aliás, em bom plano, dado que também os Caixeiros garantiram o apuramento para os 1/4 de final, tendo vencido o jogo ante o Alferrarede, por 4-2.

Por agora, há já duas equipas do escalão secundário qualificadas para a eliminatória seguinte: para além do U. Santarém, também o Glória do Ribatejo – turma com boa tradição nesta prova em anos recentes – segue em frente, tendo vencido no “derby”, em Marinhais, por 1-0 (repetindo o triunfo que averbara no desafio a contar para o campeonato).

Confirmações – No único encontro entre equipas primodivisionárias, o Samora Correia afastou a U. Abrantina, confirmando o seu favoritismo, ganhando por 3-1.

Retrospectiva – Aproveitamos o ligeiro interregno no principal campeonato para fazer uma breve retrospectiva, comparando a evolução face ao desempenho registado na época anterior.

Começando pelo princípio – ou, mais propriamente pelo fim, extremos que, no caso concreto, se “tocam” – a maior decepção é o Riachense, que, na temporada passada, com dez jornadas disputadas, liderava o campeonato com 23 pontos, tendo caído, este ano, à mesma jornada, para “lanterna vermelha”, somente com escassos quatro pontos averbados.

Pela positiva, o destaque maior vai para o Mação, que, tendo duplicado o número de pontos (de 13 para 26!), regista fulgurante subida na classificação, do 8.º lugar no ano passado, para 1.º esta época. Também o At. Ouriense justifica menção similar, tendo passado dos 7 pontos no campeonato anterior, para 17 este ano, o que se traduz numa subida da 12.ª à 5.ª posição.

De alguma forma em tendência análoga – embora menos vincada – à do Riachense, temos o Amiense, que regista quebra significativa, de 22 para 13 pontos, baixando do 2.º ao 9.º posto.

Com ganhos pontuais em relação à época precedente temos ainda: o Torres Novas (de 11 para 16 pontos), representando uma melhoria de apenas dois lugares (de 10.º para 8.º); o U. Almeirim (de 15 para 19 pontos), proporcionando aos almeirinenses ascender do 7.º ao 2.º posto; e, com ganhos marginais, o Cartaxo (de 10 para 13 pontos), subindo uma posição na pauta classificativa (da 11.ª para a 10.ª), e o Fazendense (de 17 para 18 pontos), traduzida numa evolução do 6.º ao 4.º lugar.

Por curiosidade, o União de Tomar mantém exactamente o mesmo número de pontos do ano anterior, nesta fase da prova (18), tendo, não obstante, avançado do 5.º para o 3.º lugar.

Por fim, em ligeira perda, temos os casos do Samora Correia (de 20 para 17 pontos), descendo do 4.º ao 6.º posto, e, continuando em posição aflitiva, os Empregados do Comércio, que vêem ainda reduzida a já fraca pontuação registada no ano anterior (de 6 para 5 pontos), mantendo a penúltima posição.

Sem comparativo directo, dado ter sido promovido do segundo escalão, destaque ainda para o Ferreira do Zêzere, com muito boa desempenho, traduzido nos 16 pontos já averbados, que lhe conferem um confortável 7.º lugar. Os outros clubes promovidos, Moçarriense e U. Abrantina, registam campanhas bem mais modestas, respectivamente com 7 e 6 pontos obtidos, a que correspondem o 11.º e 12.º lugares na classificação, em acesa disputa pela manutenção.

Campeonato de Portugal – Na 13.ª jornada da competição, o Alcanenense obteve um bom triunfo, ganhando por 2-0 ao Caldas. Ao invés, Coruchense (recebendo o líder, Mafra) e Fátima (em visita a Sacavém) foram desfeiteados, perdendo, respectivamente por 0-1 e 0-2. Assim, o grupo de Alcanena subiu ao 6.º posto, tendo ultrapassado a formação do Sorraia, que caiu para a 9.ª posição; por seu lado, os fatimenses mantêm o 12.º lugar. Numa série muito equilibrada, Alcanenense e Coruchense têm, somente, apenas, três e dois pontos, respectivamente, de vantagem face à “linha de água”, da qual o Fátima dista um único ponto.

Antevisão – Na retoma dos campeonatos, na I Divisão Distrital prosseguem os embates entre candidatos: o guia, Mação, tem mais um teste à sua invencibilidade, na deslocação a Fazendas de Almeirim, onde encontrará, precisamente, o outro clube ainda invicto na prova, o Fazendense. Mas, também em Samora Correia teremos outro jogo de grande cartaz, com os samorenses a receberem a visita do U. Tomar, que continua a precisar de ganhar “jogo a jogo”…

Na II Divisão, a Norte, realce para o confronto entre U. Atalaiense e Aldeiense, sendo que os dois primeiros classificados se apresentam com amplo favoritismo nesta ronda, recebendo, respectivamente, o Pego (Tramagal) e At. Pernes (Rio Maior). A Sul, o Glória do Ribatejo, com uma saída até ao terreno do Forense, poderá aproveitar o facto de o Benavente folgar, dependendo também do desfecho do Marinhais (com deslocação difícil para defrontar o Vale da Pedra), para poder ampliar a sua vantagem na liderança.

No Campeonato de Portugal, os três representantes do Distrito actuarão em terreno alheio, em jogos com algum grau de dificuldade. O Alcanenense visita Sintra, para defrontar uma equipa do 1.º Dezembro inesperadamente em apuros na tabela; o Coruchense viaja até aos Açores, onde encontrará o Lusitânia; cabendo ao Fátima deslocar-se a Loures (actual 4.º classificado).

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 14 de Dezembro de 2017)

Anúncios

Entry filed under: U. Tomar.

Campeonato Nacional Hóquei em Patins – I Divisão – 9ª Jornada Campeonatos Distritais Futebol – 11ª Jornada / 9ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Categorias


%d bloggers like this: