O Pulsar do Campeonato – 3ª Jornada

Outubro 2, 2016 at 11:00 am Deixe um comentário

pulsar-3

(“O Templário”, 29.09.2016)

Após a disputa das três primeiras jornadas do Distrital da I Divisão – fase, naturalmente, ainda bastante prematura da prova –, seria difícil que o campeonato se apresentasse mais equilibrado: com um único ponto a separar o 2.º classificado (Samora Correia) da 8.ª posição (liderando agora o União de Tomar um extenso lote de seis clubes, que repartem precisamente o 3.º ao 8.º posto da tabela, todos com seis pontos).

Já a começar a destoar, temos o Coruchense, única equipa a conseguir vitórias em todos os três desafios disputados, isolando-se assim no comando, ampliando o seu “score” global para impressivo 11-0. Para além da turma do Sorraia, apenas os samorenses mantêm a invencibilidade; ao invés, At. Ouriense e Benavente somaram terceiro desaire sucessivo, com a particularidade de benaventenses – aliás, como torrejanos (que registam um único ponto averbado) – ainda não se terem estreado a marcar neste campeonato.

Destaques – O principal destaque da 3.ª ronda vai para a goleada imposta pelo União de Tomar na recepção ao Torres Novas, impondo-se por convincente 3-0. Por curiosidade, as últimas vezes que os unionistas tinham conseguido derrotar este histórico rival por igual marca haviam ocorrido já há mais de 40 e 50 anos, respectivamente: em 1973-74, em partida do campeonato nacional da II Divisão; e em 1964-65, em jogo da III Divisão – por coincidência, em ambas as temporadas, o U. Tomar viria a sagrar-se Campeão Nacional do respectivo escalão!

Agora, no acumulado do histórico do confronto directo entre os dois clubes mais representativos do Distrito de Santarém – num total de 87 encontros oficiais disputados (a contar para a II e III Divisão Nacional, I e II Divisão Distrital, Taça de Portugal e Taça do Ribatejo), desde a época de 1945-46 – o União soma 37 triunfos, face a 34 dos torrejanos, tendo-se registado 16 empates.

No desafio deste fim-de-semana, o União voltou a entrar a ganhar, bem cedo tendo marcado o tento inaugural, tornando, até final da primeira metade, a ser algo perdulário. Tal como sucedera na jornada inaugural, na recepção ao U. Almeirim, no segundo tempo os unionistas actuaram mais na expectativa, procurando minimizar os riscos, vindo a sentenciar o desfecho da contenda com dois golos apontados já na parte final do jogo, numa vitória sem contestação.

Também a merecer realce – dado, pese embora o favoritismo de que desfrutavam, não ser líquido que os três pontos da vitória estivessem “garantidos” – os triunfos alcançados, ambos “fora de portas”, pelo guia Coruchense, superiorizando-se por 2-0 na visita a Ourém, face ao At. Ouriense; e, por outro lado, pelo Riachense, na Ribeira de Santarém, impondo-se não sem dificuldade aos Empregados do Comércio, ganhando por tangencial 2-1, mas vendo-se obrigado a uma reviravolta no marcador, depois de ter começado por estar em posição de desvantagem.

Confirmações – Numa ronda sem surpresas, em jogo de grande cartaz, o Fazendense, reagindo positivamente ao desaire sofrido no Pego, ganhou na recepção ao Cartaxo (2-1), o que, para já, lhe permite integrar o extenso lote de 3.ºs classificados.

Também o Mação, visitado pelo Pego, confirmou o favoritismo, voltando a triunfar por margem concludente (3-0), apenas um tento aquém da goleada por 4-0 que havia imposto perante o mesmo adversário, na última vez que se tinham defrontado em Mação (já em 2010-11).

Por seu lado, o Amiense bateu pela mesma marca (3-0) o “lanterna vermelha” Benavente, num jogo em que a sua superioridade nunca esteve em causa.

Por fim, igualmente expectável foi o desfecho do Samora Correia-U. Almeirim, a saldar-se por uma igualdade a uma bola, que terá servido os interesses de ambos, proporcionando, para já, aos samorenses, isolar-se num excelente 2.º lugar da pauta classificativa, ainda sem perder, enquanto os almeirinenses recuperaram, pelo menos um ponto, dos (dois) que haviam perdido na recepção aos torrejanos, na semana anterior.

Taça de Portugal – Na 2.ª eliminatória da prova, o Alcanenense sofreu inesperadas dificuldades para superar o Sendim (do Distrital de Bragança, e que fora repescado, depois de ter sido goleado por 1-8 na eliminatória inicial), ganhando por 4-2, mas apenas no prolongamento, após empate a uma bola no final dos 90 minutos; por seu lado, o Fátima segue também em frente, tendo ganho por tangencial 1-0 ao Pampilhosa. Realce para duas grandes surpresas: a eliminação do Fafe (II Liga) pela Naval (também repescada, depois de ter sido goleada por 0-8 pelo B. C. Branco) e do actual líder da II Liga, Portimonense, pela U. Leiria (neste caso, no desempate da marca de grande penalidade). Na próxima eliminatória (1/32 de final) participarão já os 18 clubes da I Liga, juntando-se aos 46 emblemas agora apurados.

Antevisão – Na próxima jornada do Distrital da I Divisão, as atenções estarão especialmente focadas em Coruche, onde se desloca o Fazendense, formação que poderá oferecer boa réplica ao líder (recorde-se que, na última vez que se defrontaram no referido terreno, a turma de Fazendas de Almeirim obteve surpreendente goleada por 5-0, numa época – 2014-15 – em que o Coruchense acabaria por vir a sagrar-se Campeão Distrital).

Outros encontros de interesse serão o Torres Novas-Samora Correia, com a invencibilidade dos samorenses a poder ser colocada à prova; o Pego-U. Tomar, uma difícil saída para os nabantinos; e o Cartaxo-Mação. Por curiosidade, defrontam-se também os dois últimos classificados, Benavente e At. Ouriense, numa partida importante para o respectivo futuro na prova, com ambos os conjuntos à procura do(s) primeiro(s) ponto(s).

No Campeonato de Portugal, já na sua 5.ª ronda, o Fátima (que conta por vitórias os três jogos já realizados) desloca-se ao terreno do Carapinheirense (8.º classificado), enquanto o Alcanenense visita Torres Vedras, para defrontar o actual 2.º classificado (Torreense).

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 29 de Setembro de 2016)

Entry filed under: U. Tomar. Tags: .

Campeonato Nacional Hóquei em Patins – I Divisão – 1ª Jornada Campeonato Distrital Futebol – 4ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2016
M T W T F S S
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Categorias


%d bloggers like this: