O Pulsar do Campeonato – 22.ª jornada

Março 29, 2015 at 11:00 am Deixe um comentário

Pulsar - 22

(“O Templário”, 26.03.2015)

Antecipava-se já que a jornada 22 da I Divisão Distrital pudesse vir a ser determinante para o escalonamento final das equipas na pauta classificativa; efectivamente, em função dos desfechos verificados, e faltando agora disputar apenas quatro rondas, o Coruchense – tendo feito o seu trabalho, ganhando em Santarém, frente ao vice-líder, Empregados do Comércio, por 2-0, e beneficiando ainda, paralelamente, dos desaires dos outros perseguidores mais imediatos (União de Tomar e Fazendense) – deverá ter decidido a seu favor a disputa pelo título e consequente promoção aos Campeonatos Nacionais.

Com um Domingo perfeito para as suas cores, a formação de Coruche – passando a dispor de confortável vantagem de seis pontos sobre os Empregados do Comércio, sete face ao União de Tomar (equipas em relação às quais dispõe adicionalmente de vantagem no confronto directo), e nove pontos em relação a Fazendense e Torres Novas, “sentenciou”, ainda a quatro jornadas do fim, o que foi, durante toda a época, um campeonato extremamente disputado e equilibrado.

A turma do Sorraia poderá, inclusivamente, fazer já – “matematicamente” – a festa no próximo fim-de-semana (em que recebe a equipa do U. Chamusca), em caso de uma algo improvável conjugação favorável de resultados, próprio e dos referidos quatro concorrentes, mas, com maior probabilidade, deverá encerrar as contas da subida numa das jornadas seguintes.

O União de Tomar, que jogava a sua “última cartada”, em visita ao terreno de um clássico rival, Torres Novas – clube frente ao qual regista o maior número de jogos oficiais disputados (num total de 83 desafios, a contar para os Campeonatos Nacionais da II e III Divisão e Distritais, Taça de Portugal e Taça do Ribatejo – desde o histórico confronto inaugural, na longínqua temporada de 1945-46) –, perdeu por tangencial 0-1 (33.º desaire na história deste duelo, ao qual contrapõe 35 triunfos), assim se vendo praticamente arredado das suas aspirações ao título.

O grupo unionista entrou muito determinado em campo, com excelente atitude, de conquista, assumindo, durante os primeiros vinte minutos, a iniciativa do jogo. Porém, à semelhança do que recentemente se verificara em encontro da Taça do Ribatejo, os torrejanos, mais experientes, aproveitando de forma muito eficaz as armas de que dispunham, conseguiriam, depois de alcançar a posição de vantagem, resistir à pressão tomarense, com o jogo, à medida que o tempo ia decorrendo, a perder alguma da intensidade inicial.

Também o Fazendense foi desfeiteado na deslocação ao Cartaxo, perdendo por 1-2 (no primeiro desaire sofrido na segunda volta da prova, na qual, porém, apenas somou três vitórias em nove jogos disputados). Curiosamente, para além do líder – e dados os desaires sofridos pelo 2.º, 3.º e 4.º classificados – só as equipas posicionadas do 5.º ao 10.º posto venceram também.

Realce particular para as vitórias do Mação, na Chamusca (1-0); e do Rio Maior, na Barrosa (3-0); por seu lado, numa cabal demonstração de que “não há dois jogos iguais”, depois da goleada por 7-1 na passada semana, em prélio da Taça do Ribatejo, o Amiense “viu-se e desejou-se”, desta feita, para, perante o mesmo adversário, o “lanterna vermelha”, U. Santarém, marcar o solitário tento que lhe garantiu novo triunfo. Na partida restante, de crucial importância na luta pela “sobrevivência”, o Pontével quebrou finalmente um ciclo de cinco derrotas, ganhando ao Benavente, por 3-2.

Em função destes resultados, também tudo começa a estar definido na cauda da tabela: U. Santarém e Barrosense têm praticamente consumado o regresso à II Divisão Distrital (no caso dos escalabitanos, e se se vier a confirmar a muito provável despromoção do At. Ouriense do Campeonato Nacional de Seniores, a descida será já inevitável); nesse mesmo cenário, também Benavente e U. Chamusca, ambos já a cinco pontos do par formado por Rio Maior e Pontével, não deverão escapar à despromoção (salvo algum eventual reajustamento na estrutura dos campeonatos distritais, por exemplo com o seu hipotético alargamento a 16 clubes…). No pior cenário possível, que seria também a descida do Fátima (ou, mais improvável, do Alcanenense) aos distritais, Rio Maior e Pontével disputarão a última vaga de manutenção no principal escalão da Associação de Futebol de Santarém.

Na II Divisão Distrital, disputou-se a 2.ª jornada da fase de apuramento do Campeão, com destaque para o segundo triunfo do Pego (3-1 frente ao Moçarriense), isolando-se na liderança, com dois pontos a mais que U. Abrantina (vencedora face ao U. Almeirim, por 1-0), e três sobre Assentis (que recebeu e bateu o Glória do Ribatejo por 2-1) e U. Almeirim. Na próxima ronda, o Pego vai a Almeirim, e a U. Abrantina a Assentis, enquanto o Glória recebe o Moçarriense.

No Campeonato Nacional de Seniores, com o Alcanenense de folga, Fátima (0-0, na recepção ao Sertanense) e At. Ouriense (2-2, em Torres Vedras) averbaram dois empates, que, contudo, não lhes permitiram melhorar as respectivas posições: o conjunto de Ourém subsiste como “lanterna vermelha”, a sete pontos do Fátima, o qual, por sua vez, mantém o atraso de quatro pontos face ao Torreense. Por seu lado, prestes a atingir-se o termo da primeira volta, o Alcanenense (equipa que recebe o Torreense na próxima jornada) dispõe de vantagem importante, de sete pontos, sobre os fatimenses (os quais defrontarão o At. Ouriense).

Na próxima ronda, na I Divisão Distrital, com as grandes decisões já praticamente definidas, realce para o Fazendense-Torres Novas, confronto entre as duas equipas que partilham o 4.º lugar, e para o Mação-Amiense; na luta pela manutenção, o Rio Maior recebe o Cartaxo, enquanto o Pontével se desloca a Tomar para defrontar o União nabantino. Por seu lado, os dois últimos encontram-se em Santarém, com o União local a receber o Barrosense, equipa que soma já nove derrotas consecutivas no campeonato.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 26 de Março de 2015)

Entry filed under: U. Tomar. Tags: .

Campeonato Nacional Hóquei em Patins – II Divisão (Zona Sul) – 23ª Jornada Campeonatos Distritais Futebol – 23ª Jornada / 3ª Jornada (Fase Final)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2015
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Categorias


%d bloggers like this: